Super-Alimentos de Dezembro

Todos sabemos que Dezembro é aquele mês tentador, dos açúcares, dos petiscos, dos jantares de Natal e entre família e amigos. Basicamente é o mês de todos os abusos. No entanto é também a altura do ano que nos oferece tantos alimentos da época que são verdadeiros super-alimentos. Neste mês de Dezembro sugiro-lhe o consumo destes alimentos ricos e nutritivos, sempre com criatividade na sua cozinha. São todos bem conhecidos, portanto não existem desculpas, use e abuse deles. Crie, delicie-se e tente manter a mente focada sem deslizes nesta época festiva.

Maçãs
As maçãs contêm vitaminas, minerais e enzimas importantes. Têm um fitonutriente importante chamado ácido málico, que melhora a produção de energia pelo corpo.

Beterraba
Recomendada por profissionais de saúde holísticos para ajudar a purificar o sangue e o fígado, a beterraba é rica em ácido fólico, manganês, potássio e vitamina C. O fitonutriente que dá à beterraba aquela cor é vital na luta contra o cancro.

Mirtilo
Anteriormente usado para tratar infeções urinárias, o mirtilo ou sumo de mirtilo (natural, não aqueles artificiais cheios de açúcar disponíveis nas lojas) são excelentes super alimentos para esta época.

Abóbora
A abóbora é uma excelente fonte de hidratos de carbono complexos, fibra e beta-caroteno, tornando-a num elemento delicioso e nutricional na sua alimentação.

Batata doce
Rica em beta-caroteno, vitaminas C e B6, além de potássio, ferro e magnésio, as batatas doces são naturalmente deliciosas e nutricionalmente superiores às batatas normais.

Nozes
As nozes são uma adição importante à sua dieta visto que oferecem grandes quantidades de ácidos gordos ómega-3 necessários para proteger o seu cérebro, manter um sistema imunitário saudável, gerir o humor e reduzir a dor e inflamação no corpo.

Agora, já sabe, Dezembro está cheio de coisas boas, saudáveis e úteis para si e para a sua família. Estes alimentos são só uma pequena amostra de que é fácil ser-se saudável também no Inverno e na época de Natal.

Partilhe este artigo e contagie outros a serem mais saudáveis.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*